• banner-site-vestibular-2019-1a
  • banner-bradesco








Imprimir

Moçao de congratulações e aplausos é concedida à FE

Foi Apresentada na Câmara Municipal de Ituverava, na última semana, a Moção de Congratulações e Aplausos à Fundação Educacional de Ituverava, pela inauguração do Complexo Educacional “Professor César Luiz Mendonça”, conjunto de salas de aula utilizado por alunos da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), Colégio Nossa Senhora do Carmo - COC e Colégio Van Gogh - Anglo. A homenagem partiu do vereador Roberto Inácio Barbosa Filho (“Betô”), e foi aprovada por unanimidade. 

Segundo o vereador, a homenagem é para toda a Fundação Educacional de Ituverava, em especial ao presidente César Luiz Mendonça; à Diretoria Executiva, formada por Roberto Inácio Barbosa - diretor-executivo; Seandro Duarte Esteve - 1º tesoureiro; José Antônio Jabur (“Dodô”) - 2º tesoureiro; Dorival da Silva Pereira - 1º secretário; José Eduardo Mirandola Barbosa - 2º secretário e Luiz Miguel Ribeiro Moysés - procurador jurídico; ao engenheiro José Carlos da Costa Miranda Filho (“Zezé”) e ao arquiteto Marcelo Martins Barrachi.

Motivos

Em entrevista à Tribuna de Ituverava, Betô justifica a homenagem. “O Complexo ‘Professor César Luiz Mendonça’ é mais um importante passo dado pela Fundação Educacional de Ituverava. Trata-se de uma obra com 2,6 mil metros quadrados, onde foram usados mais de 1,7 milhão de litros de concreto, quantidade suficiente para construir quase 70% de uma piscina olímpica”, afirma.

O vereador ainda lembra que a FE tem realizado importantes investimentos, visando sempre melhorar cada vez mais a qualidade de ensino oferecido pela instituição. “Entre obras, aquisição de equipamentos e mão-de-obra, da ordem de R$ 7 milhões, o que demonstra a preocupação da instituição em oferecer o que há de melhor aos seus estudantes. Por estes motivos resolvi prestar essa homenagem, pois a FE é uma instituição referência nacional m ensino e em constante crescimento”, completa Roberto Inácio Barbosa Filho (“Betô”).

Fonte: Tribuna de Ituverava