Imprimir

Fundação terá 3º campus em São Joaquim da Barra


Entidade se expande para uma cidade que certamente seria explorada por outras concorrentes

banner-fajob-2017A Fundação Educacional de Ituverava firmou convênio na manhã de quinta-feira, dia 23 de março, com a Prefeitura de São Joaquim da Barra, que resultará no terceiro campus da instituição.

Será mais uma Faculdade mantida pela entidade, representando a expansão da FE para uma cidade que certamente seria explorada por outras concorrentes e demonstra a visão empreendedora de seus gestores.

Antes, porém, o conselho de curadores da FE, bem como a Câmara Municipal de São Joaquim aprovaram por unanimidade nos dois colegiados a criação da Fajob (Faculdade de São Joaquim da Barra).

O projeto liderado pelo prefeito de SJB, Marcelo Mian e pelo presidente da FE, Pedro César Galassi inicialmente oferecerá no começo do ano de 2018, o vestibular para os cursos de Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Direito e Pedagogia, que serão ministrados no novo campus com a mesma qualidade dos oferecidos em Ituverava.

Através da parceria, a Prefeitura de São Joaquim cederá o espaço físico, um imóvel onde funcionou o Colégio Objetivo na cidade. A Fundação poderá explorar o local em comodato por 35 anos.

O prédio, no entanto, podendo ser permutado ao final do prazo, ou seja, a FE tem prioridade, se adquirir outra área e trocar pelo imóvel, que receberá as adequações necessárias.

“Um dia muito feliz, começando a concretizar um sonho que era de tornar a cidade num polo estudantil e não poderia ser melhor, vindo da Fundação Educacional de Ituverava que goza do maior prestígio e respeito por toda a região, para mim é muito importante”, definiu o prefeito Marcelo Mian.

“Estamos trazendo para São Joaquim da Barra cursos que nós sempre sonhamos, Engenharias Civil e Mecânica, Direito e Pedagogia isso é o começo de vários que virão pois São Joaquim da Barra é referência na microrregião, merece isso, foi feito esforço muito grande de tratativas para poder trazer para São Joaquim da Barra”, explicou o prefeito

“Tem ainda o trabalho social da Fundação, em cada 10 alunos, um terá bolsa 100 por cento, isso quer dizer que em cada 50 alunos de Direito, 5 terão bolsa 100 por cento, das Engenharias e Pedagogia também”, esclareceu o prefeito.

“O restante vai contar com apoio da Prefeitura como sempre contou, uma mensalidade de R$ 900, a Prefeitura vai entrar com ajuda de 40%, a Fundação 20% e nós vamos fazer um trabalho, um projeto junto aos empresários para mais 10%, então são 70% de bolsas”, exemplificou o prefeito.

“Neste período conturbado que nós estamos passando, estamos trazendo para São Joaquim da Barra estes cursos para beneficiar nosso povo, estou muito contente da parceria com pessoas sérias, comprometidas e honestas e estar bem acompanhado sempre foi meu lema”, definiu o prefeito.

“Esta oportunidade surgiu através do prefeito e da Câmara, que aprovou de forma unanime, quero transmitir a vocês que do mesmo modo que passou pelo Legislativo joaquinense, foi aprovado pelo Conselho de Curadores da Fundação Educacional, 15 homens que administram a instituição”, explicou o presidente da Fundação Educacional.

“Estamos vindo com este campus para ser uma faculdade independente, que também será mantida pela Fundação Educacional de Ituverava”, esclareceu Galassi, garantindo que a qualidade e corpo docente serão os mesmos que fazem das instituições da FE, Fafram (Faculdade Doutor Francisco Maeda) e FFCL (Faculdade de Filosofia Ciências e Letras) terem notas de excelência junto ao MEC (Ministério da Educação)

“A mesma alegria que o prefeito, a população e Câmara de São Joaquim da Barra estão sentindo, também estou, porque a Fundação, que iniciou suas atividades em 1971, se tornou uma empresa que cresceu e o primeiro passo para expandir e desenvolver mais, escolhemos São Joaquim da Barra”, afirmou o presidente.

“Tivemos outros convites para montarmos outros campi, mas escolhemos São Joaquim por ser uma cidade muito séria através de uma Câmara e uma administração pública”, completou o presidente.

Além do prefeito Mian fizeram parte do dia histórico para São Joaquim e para a Fundação, vereadores, secretários e assessores da administração municipal.

Na comitiva da Fundação, além do presidente, o superintendente Luís Olavo Alves “Luque”, o gestor de marketing Gustavo Baldan e o diretor da FFCL, professor Doutor Antônio Luís de Oliveira “Toca”.

Os ituveravenses ainda foram acompanhados pelos jornalistas Gerson Fontebassi da Silva, do Jornal O Progresso, José Luiz Alves Cassiano, do jornal Tribuna de Ituverava e o radialista Paulo Antônio Rodrigues de Souza, do Sistema Top de Rádio, que se somaram também a toda imprensa joaquinense em entrevista coletiva concedida na Prefeitura de São Joaquim.

 

DSCN0858

Vereadores de São Joaquim, superintendente Alves e gestor de marketing da FE Baldan, presidente Galassi e o prefeito Mian na assinatura do convênio: expansão