• banner-vestibular-2018-2








Imprimir

FFCL realiza 1º Evento das Engenharias de Produção e Mecânica

eventos engenharias 2016A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, promoveu, no último dia 24, o I Evento das Engenharias de Produção e Mecânica. O evento ocorreu no Salão Nobre da instituição das 19h00 às 22h00 e contou com a presença do Diretor da FFCL, Antônio Luís Oliveira, do coordenador dos cursos de Engenharia, Professor Tadeu Tomio, de professores, alunos e público em geral.

A competição, que foi aberta ao público e gerou arrecadação de alimentos para entidades sociais, transcorreu em clima festivo e os alunos torceram e vibraram a cada projeto apresentado.

Entre as disputas, houve o 1º Campeonato de Sumô Lego, no qual os alunos desenvolveram robôs que batalharam em um ringue de sumo. A 1ª Competição de Pontes de Espaguetes, em que foram construídas pontes com massa crua de macarrão espaguete, a ponte da equipe vencedora chegou a sustentar 146 quilos. E a última disputa foi a competição de Braços Mecânicos, em que os alunos dos primeiros anos de Engenharia Mecânica e de Produção, produziram braços mecânicos que depositavam uma moeda dentro de uma garrafa PET de dois litros no menor tempo possível com o mínimo de intervenção humana.

Além das competições, os alunos do 4º período apresentaram os projetos de desenhos de conjunto e componentes no formato do programa Solid Works e alunos do 6º período de Produção realizaram a apresentação da Implantação da Ferramenta da Qualidade 5S na Santa Casa de Ituverava e de Folhas de Processos de Produção e Custos de equipamentos.

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

EventoEngenharias01

Imprimir

Informações sobre o curso de Letras da FFCL

banner letras

- Curso: Letras Português/Inglês

- Duração: 4 anos (8 semestres)

- Modalidade: Licenciatura

- Período: Noturno

- Corpo docente: Professores altamente qualificados (mestres e doutores) e com experiência no ensino e pesquisa

- Bolsas de estudo oferecidas pela Instituição: FIES, PROUni, PIBID, Escola da Família; além de parceria com a Universidade de Viseu (Portugal)

- Perfil do profissional de Letras:
O profissional de LETRAS da FFCL dedica-se ao estudo do funcionamento da Língua Portuguesa e da 
Língua Inglesa e de suas respectivas literaturas. Além disso, ao estudar a Língua Portuguesa e um outro idioma, aprende-se também sobre a cultura desses povos. Dessa forma, é preciso ter interesse pela linguagem humana e suas manifestações na língua, literatura e cultura.

A leitura e a escrita também são atividades fundamentais no curso de Letras. Por isso, gostar de ler e escrever é essencial para quem deseja cursar e seguir a carreira em Letras. Essas características ajudam o aluno a desenvolver uma boa comunicação escrita e falada e a conhecer as alterações, modificações pelas quais as línguas sofrem com o passar do tempo.

- O que o curso oferece: 
Além de uma grade cuidadosamente elaborada, focada na formação do profissional de Letras, o aluno terá a oportunidade de participar de Semanas Pedagógicas, cursos de extensão, projetos de pesquisa, grupos de estudo, excursões, atividades culturais etc.

- Mercado de Trabalho:
Com relação à área de atuação do profissional de Letras, o campo de trabalho é muito amplo e existe um leque de possibilidades. São muitos os segmentos nos quais esse profissional pode atuar como, por exemplo, mercado educacional, mercado empresarial, mercado editorial e também como autônomo. Alguns exemplos dessas áreas:

- Área de Atuação:
Carreira acadêmica: aulas no ensino fundamental, médio e superior, em escolas de idioma, em cursos preparatórios e aulas particulares
Revisão de textos variados (revisão ortográfica, normas etc.)
Editoração de textos dos mais variados tipos (revistas, livros, folders, sites, blogs)
Produção textual em jornais, revistas, blogs etc.
Tradução/Interpretação de textos, palestras, conferências etc.
Crítica Literária
Escritor(a)
Secretariado Bilingue
Departamento de Comunicação Empresarial

Imprimir

Hospital Veterinário da FAFRAM apresenta equipamentos de análise e diagnóstico digitais

banner-equipamentos-hospitalEquipamentos de raio x e ultrassonografia permitirão diagnósticos precisos e praticamente imediatos

A FAFRAM, mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, apresentou esta semana seus novos equipamentos digitais para a realização de raio x e ultrassonografia no Hospital Veterinário. Esses equipamentos permitirão maior precisão devido à qualidade da imagem e o laudo poderá sair em menos de 24 horas, pois as imagens podem ser enviadas em meio digital (e-mail ou aplicativos de mensagens) ao veterinário responsável pelos laudos.

Estiveram presentes na entrega dos aparelhos, os membros da Fundação Educacional o presidente César Luiz Mendonça, o diretor executivo da Roberto Inácio Barbosa, o vice-diretor executivo Antônio Delgado e o superintendente Luís Olavo Alves. Entre os integrantes da FAFRAM estavam seu diretor Márcio Pereira, a coordenadora e responsável técnica do Hospital Juliana Moysés Mendonça Esteve e o diretor do Hospital José Dirceu Tardelli Falleiros.

As instituições, FAFRAM/FEI, investiram um montante de aproximadamente 200 mil reais para poder atender essa demanda em benefício da qualidade das imagens. Entre os equipamentos adquiridos estão Raio X, Digitalizador, Impressora e Ultrassom. Dessa forma, o Hospital Veterinário estará à frente de outras instituições, a localidade mais próxima onde se realizava o diagnóstico digital era Ribeirão Preto, agora Ituverava poderá oferecer não apenas aos alunos, mas a toda comunidade que utiliza os serviços do Hospital Veterinário. Este é mais um diferencial de uma instituição que prima pela qualidade do ensino e de seus serviços prestados à comunidade.

Coordenadora e responsável técnica do Hospital, Juliana Moisés Mendonça Esteve, apresenta informações sobre os aparelhos:

1. Como os novos equipamentos contribuirão no processo de aprendizado dos alunos?
A Fundaçao Educacional de Ituverava, como sempre, realiza investimentos para melhorar a qualidade de seus cursos, o mais novo investimento foi na área de veterinária com a compra de um novo raio x, um novo ultrassom e um aparelho de eletrocardiograma. Isso tudo vai contribuir na melhor formação dos alunos na área de diagnóstico por imagem, pois esses aparelhos contam com o que há de mais novo no mercado. Além de proporcionar à população de Ituverava e região um serviço de alta qualidade, garantindo um melhor atendimento a seus animais.

2. Os aparelhos melhorarão a precisão de diagnósticos?
Sim, o raio x possui 500 mA, ou seja, tem uma melhor resolução o que auxiliará na qualidade da imagem e sua consequente leitura para elaboração dos laudos, por ser digita, o processo de elaboração do laudo também será agilizado. Já o ultrassom, contem o que há de mais moderno na área, contendo doppler que é um recurso para mensurar o fluxo sanguíneo dos vasos dos fetos, entre outras aplicabilidades.Proporciona também o ecocardiograma, que além de acompanhar o fluxo sanguíneo cardíaco, permite observar possíveis alterações.

3. Pode-se dizer que o Hospital Veterinário possui um centro de diagnóstico por imagem?
Sem dúvida, com a aquisição desses aparelhos podemos afirmar que a Fundação Educacional de Ituverava tem hoje um dos melhores centros de diagnóstico por imagem da região, pois sua intenção é sempre proporcionar o que há de melhor e mais completo aos seus alunos, permitindo uma formação de alta qualidade e um atendimento à comunidade com a melhor infraestrutura e profissionais altamente qualificados e dedicados. Vale ressaltar que o compromisso dos profissionais e alunos da Fafram é, não apenas com a qualidade, mas com o desenvolvimento de um trabalho dentro dos princípios éticos, que respeite tanto os animais, como as pessoas.

equipamentos-hospital-01

equipamentos-hospital-01

equipamentos-hospital-01

equipamentos-hospital-01

Imprimir

XIII Semana de Sistemas de Informação (XIII SESINFO).

banner-sesinfo-2016

A Faculdade Dr. Francisco Maeda e o Diretório Acadêmico do curso de Sistemas de Informação irão promover entre os dias 24/10 e 27/10 a XIII Semana de Sistemas de Informação (XIII SESINFO).

O evento será realizado no Campus da FAFRAM na mesma semana em que ocorrerá o VI Congresso de Iniciação Científica (VI CICFE). A inscrição na XIII SESINFO (gratuita) é independente da inscrição no VI CICFE. O aluno que for participar dos dois eventos terá que realizar a inscrição em ambos.

A programação da XIII SESINFO traz para os alunos de Sistemas de Informação as atrações de palestras do VI CICFE, palestra específica sobre Segurança de Redes com o coordenador do curso Prof. Jean Miler Scatena e o "Desafio Hacker" que será realizado no dia 27/10 no campus da FAFRAM.

Para mais informações sobre a programação veja no CARTAZ do evento.

INSCRIÇÕES:

INSCRIÇÃO NA XIII

INSCRIÇÃO NO VI CICFE

Imprimir

Semana Acadêmica dos Cursos de Administração e Ciências Contábeis

banner semanad 2016 small

Semanad 2016 - Semana acadêmica dos cursos de Administração e Ciências Contábeis. De 07 a 11 de Novembro. Participe!

Imprimir

Alunos de Engenharia de Produção da FFCL/FE realizam projeto engenharia da alegria

Ação voluntária realizada no Recriança I celebrou o Dia das Crianças

banner engenharia dia criancas 2016 ffclOs alunos da 2º turma do curso de Engenharia de Produção da FFCL/FEI realizaram o projeto Engenharia da Alegria, que celebrou o Dia das Crianças com 65 participantes do Programa Recriança I, mantido pela Prefeitura de Ituverava, no bairro Jardim Independência. A ação sob a orientação do professor Matheus Guenzo Tokairin ocorreu no dia 09/10, das 8:00 às 12:00, teve como objetivo proporcionar momentos de alegria, recreação e lazer para crianças carentes de 4 a 13 anos.

Para a realização do evento, os alunos venderam bilhetes de “sorrisos”, o que possibilitou a compra dos brinquedos e lanches distribuídos. Os alunos da Engenharia receberam as crianças com café da manhã (com bolo, biscoito e iogurte) e, depois, elas participaram de atividades como futebol, quebra-cabeças, vai e vem, pula-pula, pega varetas, apresentação circense, balanço, entre outras. A programação contou com o apoio de Gaby Carvalho, professora de Educação Física, Cristiane Moura, massoterapeuta e Thiago Alves, bombeiro, que realizaram atividades com as crianças. Durante todo o período, as crianças se divertiram com pipoca e algodão doce à vontade.

Ao final das brincadeiras, foram distribuídos cachorros-quentes e refrigerantes. As crianças, após uma manhã de alegria, receberam seus presentes. “A ideia do projeto surgiu durante a aula do professor Matheus e ficamos motivados a realizar o evento que divertiu as crianças nesta data especial”, afirmou a aluna Lidiane.

 

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

engenharia dia criancas 2016 ffcl 01

Imprimir

Fafram já formou 1.458 Engenheiros Agrônomos

formandos-2016-1

Instalado em 1987, curso de Agronomia da Fafram está na 50ª turma de formandos

Em todas as crises econômicas que assolam o país, fica cada vez mais evidente a importância do agronegócio para a economia brasileira. Se a situação está difícil, ela seria muito pior se não fosse por este setor, responsável por 23% do PIB brasileiro e 40% do faturamento das exportações.

E neste contesto, Ituverava tem grande relevância. Isso porque além de a cidade ter uma histórica intrinsecamente ligada à agricultura, ela conta com a Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, que na última semana viveu um momento histórico, ao formar a 50ª turma do curso de Agronomia, considerado um dos melhores do país.

O paraninfo dos 52 diplomados da 50ª turma de Engenharia Agronômica, que recebeu o nome de “Professora Anice Garcia”, foi o deputado federal e secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim que fez questão de participar do evento.

A qualidade do ensino do curso de Agronomia é garantido pela reconhecida competência de seus professores, atestada pela excelente titulação acadêmica, vivência profissional e pela estrutura organizacional, condições avaliadas e reconhecidas pelo MEC.

Com alto índice de empregabilidade, atualmente a Fafram tem mais de 200 convênios firmados com empresas públicas e privadas ligadas ao setor agroprodutivo, onde os alunos realizem seus estágios de conclusão de curso, facilitando sua inserção no mercado de trabalho logo após a formatura.

Outro diferencial

Outro diferencial da Fafram é a estrutura da instituição. No campus da II da FE, onde o curso funciona, há a Fazenda Experimental, credenciada pelo Ministério da Agricultura, local onde os estudantes participam de aulas práticas de diversas disciplinas.

O curso dura quatro anos e meio, e o coordenador é o professor mestre Vinícius Antonio Maciel Júnior. Além dele, outros 35 professores, sendo 92% mestres e doutores, fazem parte do corpo docente do curso. A maior parte está como docente desde que o curso foi instalado, em 1987, o que demonstra que a Fafram também oferece estabilidade e boas condições de trabalho aos seus profissionais.

Diretor da Fafram comenta sobre a qualidade do curso

Para o diretor da Fafram, Márcio Pereira, chegar a 50 turmas e mais de 1,4 mil profissionais formados é um grande marco. “Desde 1987, quando o curso foi instalado, até os dias atuais, a tecnologia avançou muito no setor da agricultura, e os agrônomos formados pela Fafram têm uma grande parcela de contribuição nisso”, afirma.

“Hoje temos profissionais formados pela Fafram atuando em todos os Estados brasileiros, sendo que muitos estão à frente de multinacionais, empresas próprias, associações e cooperativas. Além disso, sempre formamos profissionais éticos, pois sabemos que não basta ser bom apenas no desempenho de suas funções”, ressalta o diretor.

Grade Curricular

A grade curricular mescla disciplinas técnicas e científicas. Os dois primeiros anos trazem matérias das áreas de Ciências Biológicas e Exatas, como biologia, bioquímica e estatística.

Nos três anos seguintes, o forte são as disciplinas profissionalizantes, ministradas em subáreas como ciência do solo ou agricultura, entre outras. Mas há, também, aulas de gestão e administração.

Boa parte da carga horária é dedicada a aulas práticas em laboratórios e fazendas experimentais. O estágio é obrigatório, assim como o trabalho de conclusão de curso.

Mercado de Trabalho

O agronegócio representa 23% do PIB brasileiro e 40% do faturamento das exportações do país, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq-USP. Grande parte das exportações do Brasil é de commodities, portanto, vêm daí as melhores oportunidades para o engenheiro agrônomo, em órgãos do governo, em empresas exportadoras ou importadoras, em indústrias de alimentos, sementes, adubos e equipamentos, ou grandes propriedades rurais.

As exigências legais para a preservação dos recursos naturais também abrem frentes de trabalho meio ambiente. Cresce ainda a produção de orgânicos, cuja demanda deve aumentar nos próximos anos - a produção está na mão de pequenos produtores. Há boa oferta de trabalho nas regiões que tradicionalmente têm grandes extensões de terra dedicadas à produção agrícola como Sudeste, Sul e Centro-Oeste.

Presidente da FE fala sobre a qualidade do curso de Agronomia
O presidente da Fundação Educacional de Ituverava, o empresário César Luiz Mendonça, fala sobre a qualidade do curso de Agronomia da Fafram, instituição de ensino mantida pala Fundação Educacional de Ituverava. “A formatura da 50ª turma de Agronomia nos traz a certeza de que a Fundação Educacional de Ituverava está no caminho certo, formando profissionais altamente qualificados, mantendo o nível do curso em um patamar em alto nível, proporcionando aos formandos condições de enfrentar o mercado de trabalho, com dignidade, respeito e referência, não só no nosso Estado, mas em todo o país”, afirma o presidente.

“Estamos formando mais uma turma, é porque realmente temos uma grande demanda pelo curso e a certeza de que estamos devolvendo e entregando aos nossos formandos um diploma de que realmente ele está capacitado e qualificado para desempenhar sua função de ajudar no desenvolvimento no nosso país, gerador de riqueza com o aumento da produtividade e na pesquisa”,observa.

“Para nós, da Fundação Educacional de Ituverava, é motivo de muito júbilo alcançar este expressivo número de turmas e lógico, a certeza que vamos multiplicar por várias vezes. Hoje são mais de 1,4 mil alunos graduados através da FE, espalhados pelo país dando a sua contribuição para o nosso desenvolvimento”, diz Mendonça.

Medicina Veterinária

“Também formamos recentemente mais uma turma de Medicina Veterinária, que é um curso que também está se tornando referência, pelas instalações, Hospital Veterinário da melhor qualidade e pelo campus que é excelente, tanto para este curso quanto para Agronomia”, ressalta.

“O campus é a céu aberto, onde o aluno tem a possibilidade de ter aulas teóricas e práticas na própria instituição. Essas comodidades geram conhecimentos extras aos nossos formandos. Também dispomos de um corpo docente totalmente comprometido com a boa educação e preparado para formar excelentes profissionais”.

“Hoje é momento de muito orgulho e satisfação por poder contribuir com a nossa região e com nosso país, formando profissionais altamente qualificados para desenvolver a agropecuária brasileira”, afirma o presidente da FE, o empresário César Luiz Mendonça.

Elogios

O engenheiro agrônomo Geraldo Ribeiro de Mendonça Júnior, 47 anos, diretor-executivo da GRM Agrícola e Floresta SA e formando da 1ª turma de Agronomia da Fafram, fala sobre a instituição de ensino.

“O conhecimento técnico/pedagógico que aprendi na Fafram, juntamente com a experiência de morar fora, em uma cidade acolhedora como Ituverava, foram muito importantes para minha realização profissional e também pessoal”, afirma.

“Passados quase vinte e cinco anos de formado, utilizo quase que diariamente a base que aprendi na faculdade, e também os conceitos ali adquiridos. Hoje, meu filho mais velho cursa o quarto período de Agronomia, o que me deixa feliz e orgulhoso. Sei que ele vai ter uma boa base para os desafios futuros”, elogia Geraldo Ribeiro de Mendonça Júnior.

Fonte: Tribuna de Ituverava