• banner-site-vestibular-2019-1a
  • banner-congresso-2018
  • banner-bradesco








Imprimir

Aula Magna do curso de Direito

Nessa quarta-feira às 19:30hs, será promovida no no Centro Cultural Municipal de Ituverava uma aula Magna do curso de Direito da Fafram com Don Bertrand.

Dom Bertrand de Orleans e Bragança, Príncipe Imperial do Brasil, nasceu a 2 de fevereiro de 1941 em Mandelieu na França durante o exílio da Família Imperial. Veio para o Brasil após o término da Segunda Grande Guerra juntamente com seus pais, o Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança e a Princesa Maria Isabel da Baviera. D. Bertrand é bisneto da Princesa Isabel, a Redentora e trineto de D. Pedro II, o último Imperador do Brasil.

É jurista graduado pela Faculdade de Direito da USP, a tradicional São Francisco em São Paulo no ano de 1964. Desde muito jovem atua nos movimentos conservadores no país, além da ativa participação no movimento monárquico. É ativo defensor da livre iniciativa, da propriedade privada e principalmente do agronegócio. 

Fundou e é porta voz nacional do Movimento Paz no Campo, que atua diretamente com proprietários rurais e produtores. No ano de 2012 lançou o livro ''Psicose Ambientalista - os bastidores do ecoterrorismo para a implantação de uma religião ecológica, igualitária e anticristã'', obra que desmistifica toda a mitologia criada em cima da ecologia radical e denuncia as atuações de interesses internacionais no Brasil seguindo esta falsa premissa.

Imprimir

Aluna da FFCL receberá menção honrosa da USP

A aluna do curso de Administração da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), Aline Fernanda Arantes, receberá na próxima segunda-feira, 9 de dezembro, Menção Honrosa da Universidade de São Paulo (USP), uma das mais renomadas instituições de ensino do mundo. Aline será homenageada devido ao bom desempenho que obteve ao apresentar um trabalho científico durante o 21° Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.

A solenidade está prevista para às 14h, no auditório “Ariosto Mila” na FAUUSP - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, em São Paulo. Na ocasião, serão anunciados os dez melhores alunos do Simpósio, que receberão como prêmio um intercâmbio para as Universidades de Rutgers nos EUA, e do Porto, em Portugal. Os alunos selecionados também apresentarão seus trabalhos durante os Simpósios de Iniciação Científica destas duas universidades estrangeiras.

Outra aluna
Andréa Aparecida Barbosa, também aluna do curso de Administração da FFCL, também apresentou trabalho no 21° Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, porém, ela não foi selecionada para receber a Menção Honrosa.

As duas estudantes foram orientadas pela professora Cristiane Sônia Arroyo. “É muito positivo elas terem seus trabalhos científicos aprovadas para serem apresentados no Simpósio da USP, onde foram bastante elogiados por especialistas na área de pesquisa científica”, afirma a professora.

“O fato do trabalho da Aline ter recebido Menção Honrosa me deixou muito feliz, pois são poucos trabalhos escolhidos para receber esta honraria”, ressalta Cristiane.

Visibilidade
Ainda segundo ela, a conquista dá mais visibilidade à FFCL. “Traz mais reconhecimento à instituição e comprova que a FFCL oferece a oportunidade dos alunos se prepararem com dedicação na área de pesquisa científica”, destaca.

“O fato mostra, inclusive, uma mudança interessante, pois hoje os alunos não estão voltados apenas ao mercado de trabalho na área específica em que se formaram. Eles observaram que a área de pesquisa científica é ampla e muito importante, portanto é uma ótima oportunidade profissional”, destaca.

Cristiane também falou sobre o apoio recebido pela FFCL. “Agradeço a todos da instituição, em especial ao diretor Antônio Luis de Oliveira (‘Toca’) e ao coordenador do curso de Administração, Eduardo Garbes Cicconi”, enfatiza.

Convibra
A professora Cristiane Sônia Arroyo também orientou outros dois trabalhos apresentados, em outubro, no Congresso Virtual Brasileiro de Administração (Convibra). Os expositores, no congresso realizado a distância, foram Romério Magalhães de Faria e Daniela Aparecida Silva.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Alunos participam de Júri Simulado

 

Alunos do curso de Direito da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram) participaram na última segunda-feira, dia 26, de uma sessão simulada do Tribunal do Júri. O evento foi realizado no Escritório de Assistência Judiciária, no campus I da Fundação Educacional de Ituverava. Este é a 6ª edição do Júri Simulado que acontece anualmente com os alunos do 5º ano do curso de Direito. Também participam os alunos do 1º ano representando como jurados, tudo sob a coordenação da professora Giovana Estela Vaz dos Santos.

A sessão foi presidida pelo Dr. Paulo Guilherme de Faria, juiz de Direito. Os acadêmicos Lucas Pereira e Luiz Carlos Marquiori representaram como advogados, Jackeline Barbosa e Carlos Alberto Silva como Promotores de Justiça e Delson Emerenciano, Kenya Mendonça e Adriano Garcia como Serventuários da Justiça.

De acordo com a coordenadora Giovanna, o objetivo desta atividade didática é familiarizar o aluno com o ambiente de um Tribunal, explicar o funcionamento de uma sessão de Júri, bem como, divulgar o curso de Direito.

O júri simulado é uma atividade complexa e multidisciplinar, envolvendo, desde elementos de figurino, cenografia, sonoplastia, e representação teatral, até profunda pesquisa científica e análise de informações, utilizadas para construção das linhas argumentativas que servirão de base à exposição dos defensores e acusadores do tema, personagem, figura histórica ou entidade escolhida.

Através de representação cênica, os alunos pesquisam, avaliam, informam e emitem juízo de valor a respeito de um determinado personagem ou de um determinado tema ou de determinada figura histórica.

Imprimir

Juiz da vara do trabalho e FAFRAM promoveram ciclo de palestras

 

O juiz titular da Vara do Trabalho de Ituverava, Dr. Renato César Trevisani e a Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), instituição de Ensino Superior mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, promoveram, entre os dias 18 e 21 de novembro, o Ciclo de Palestras – Estudos sobre Direito do Trabalho, Processual do Trabalho e Processual Civil.

O evento marcou o encerramento do curso de extensão ministrado no segundo semestre deste ano, do qual participaram 45 advogados, de Ituverava e região. O Ciclo de Palestras teve apoio da Subseção da Ordem dos Advogados de Ituverava (OAB) e do Banco do Brasil.
Todas as palestras foram proferidas por desembargadores Federais do Trabalho e ocorreram no Salão Nobre da Fundação Educacional de Ituverava. A taxa de inscrição foi de 2 Kg de alimentos não perecíveis, que posteriormente serão destinados a entidades assistenciais do município.

Ciclo palestras
Abrindo o Ciclo de Palestras, dia 18 de novembro, o desembargador Federal do Trabalho, Dr. Samuel Hugo Lima abordou o tema “O Ônus da Prova no Processo do Trabalho”. Na terça–feira, dia 19, o Dr. José Pitas falou sobre o “PJE – Processo Judicial Eletrônico”.
No dia 20 de novembro, Dr. Manoel Carlos Toledo Filho discorreu sobre “O Direito Processual do Trabalho Comparado”; no dia 21, encerrando o Ciclo de Palestras, Dr. Lorival Ferreira dos Santos abordou o tema “Os Novos Direitos dos Empregados Domésticos”.

Sucesso
A coordenadora do curso de Direito da Fafram, Giovana Estela Vaz, comemora o sucesso. “O Ciclo de Palestras encerrou, de forma brilhante, o curso de extensão ministrado pelo juiz titular da Vara do Trabalho de Ituverava, Dr. Renato César Trevisani. O resultado foi excelente e fiquei muito feliz em rever, hoje como advogados, vários ex-alunos da Fafram”, afirma.

“Agradeço e parabenizado ao Dr. Renato César Trevisani pela parceria firmada com a Fafram. Ao longo do curso de extensão e do Ciclo de Palestras, ele demonstrou muita disponibilidade, e ajudou a projetar e consolidar, ainda mais, o nome da Fafram”, completa Giovana.

Importância
O juiz titular da Vara do Trabalho de Ituverava, Dr. Renato César Trevisani, falou sobre o evento. “O Direito deve ser estável e jamais estático, pela máxima de que o Direito deve servir à realidade sob pena dela não servir ao Direito. Em Ituverava não é nem será diferente, tendo em vista a estrutura acadêmica e social do município”, diz.

“O estímulo direcionado neste campo aos operadores do Direito, aos construtores do Direito, torna os embates jurídicos mais técnicos, valendo a máxima de ‘combater o bom combate’. E o jurisdicionado, na condição de maior interessado, sente a diferença da prestação jurisdicional. Isto é o que se observa nos países mais desenvolvidos”, conclui.

 

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Semana da Administração

Imprimir

Extensão FFCL

 

Dia 23 de março deram-se início as atividades dos Cursos de Extensão da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ituverava, PAI – Projeto de Alfabetização e Inclusão, para jovens e adultos e PROALLE – Projeto de Alfabetização e Letramento, crianças das séries inicias com déficit na alfabetização.

Tratam-se de projetos de alfabetização e inclusão desenvolvidos uma vez por semana, aos sábados, nas dependências da FE, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ituverava e Secretaria de Educação.

Participam das atividades dos projetos alunos voluntários dos Cursos de Letras e Pedagogia, coordenados pelas professoras Maria do Carmo Rodrigues Barbosa e Alessandra Pereira do Nascimento.